A influência da Barbie nos dias de hoje é visível e sem dúvida marcante

Quando cresceu, já pré-adolescente, seu pai observou que Barbara ainda brincava com as suas bonecas. Então, a sua mãe, Ruth Handler, teve a ideia de criar uma boneca adolescente. O modelo original da Barbie foi baseado numa boneca erótica alemã. O primeiro lote de bonecas Barbie era tão parecido com a boneca original, que a Mattel teve de pagar uma indenização Encomendada ao designer Jack Ryan, em 1958, a boneca foi lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova York, a 9 de Março de 1959.

Barbie é uma boneca e foi criada por Ruth Handler e o seu marido Elliot Handler em 1959, que tinham uma filha de nome Barbara. Observavam Barbara que brincava apenas com bonecas bebês quando criança. A menina era apaixonada por bonecas.Ruth e Elliot Handler eram donos da empresa de brinquedos Mattel, onde a Barbie foi fabricada. A boneca foi vendida a 3 dólares, nos primeiros exemplares, que teve 340.000 bonecas.
Logo após o seu sucesso de vendas foram criadas outros modelos de Barbies (como a barbei dançarina) e logo a boneca também ganhou uma família: em 1961 chega seu namorado Ken.
Ken também sempre acompanhou a moda da época, e variava o corte do cabelo de acordo com o último estilo. E vivia no mundo da moda. A Barbie também foi a primeira boneca a ser maquiada e a receber acessórios. Continuou a sua trajetória em 1960, lançou novos modelos agora ainda mais inspirados na moda contemporânea.
Na linha My Fab Sisters de 2011, a Barbie têm 3 irmãs Skipper, Stacie e Chelsea,Influências

A influência da Barbie nos dias de hoje é visível e sem dúvida marcante. Existem sempre comparações e citações da boneca mais vendida do mundo: costuma-se chamar alguém de Barbie por estar vestida de rosa, ou por ser loira. Isso prova que a Barbie valorizou uma linha de preocupação com a estética, beleza e ajudou a criar um padrão de beleza. A moda da boneca influencia a sociedade, pois ela procura sempre simbolizar uma mulher ou moça bonita, inteligente, amiga, companheira, meiga e politicamente correta.
A Barbie marcou gerações inteiras e continua até hoje, devido a personalidade que lhe foi associada e o padrão de beleza que simboliza. Não é raro muitas meninas e adolescentes quererem se parecer com a Barbie.
A Barbie influenciou uma nova conduta em mulheres e crianças e criou uma nova identidade social que é perceptível em crianças, adolescentes e mulheres do mundo todo, mesmo sendo uma boneca originalmente norte-americana. Além disso a boneca Barbie também foi imitada, não por uma boneca, mas simplesmente por uma mulher. Hoje feitas as cirurgias ela é considerada uma Barbie humana.
[editar]Barbies Especiais

A Barbie de 1959
Desde os anos 80, começaram a aparecer alguns modelos limitados da Barbie, verdadeiras relíquias para coleccionadores. São Barbies de várias épocas, reproduzidas com riqueza de detalhes. São modelos que, de alguma forma, fazem uma homenagem, lembrando alguém ou alguma época, como a Barbie patriota, de roupa militar da revolução americana do século XVIII. Fazem parte desse universo também as Barbies de fantasia, vestidas de fada, pássaro ou anjo, assim como as carreiras, de bailarina (que teve várias versões, em 1961, 73, 76, 91 e 98), cantora, pianista, médica, professora, policia, piloto e astronauta, etc.
Em 1980, teve início a coleção étnica, com modelos vestidas de roupas típicas de vários países, como México, Chile, Jamaica, Brasil, Inglaterra, Holanda, França, Itália, Japão e Nigéria.
A partir dos anos 90, foi criada uma coleção de alta-costura pelos designers da Mattel, inspirados em grandes costureiros, como Givenchy. Aliás, muitos estilistas famosos vestiram a boneca em várias ocasiões, como Christian Dior, Coco Chanel, Donna Karan, Giorgio Armani, John Galliano, entre muitos outros, e também marcas como a Gucci ou a Levis.
Versões românticas e clássicos do cinema, teatro e televisão também vestiram Barbie e Ken, como Romeu e Julieta, O Feiticeiro de Oz, Star Trek e Toy Story, tal como algumas divas, Marilyn Monroe, Audrey Hepburn, Elizabeth Taylor e Vivien Leigh, que tiveram Barbies vestidas à imagem das suas personagens mais famosas. Também foram criadas barbies inspiradas em series de TV como I Love Lucy e Jeannie é um Génio. Ou filmes como Grease, High School Musical, E Tudo o Vento Levou, entre outros. Também no filme High School Musical a personagem Sharpay (Ashley Tisdale) é uma versão má da Barbie incluindo roupas, armário da escola, carro e tudo mais cor-de-rosa e o típico cabelo louro.
Primeira Barbie, de 1959


Barbie anos 50

Barbie anos 70

Modelo comemorativo 40 anos Barbie (2000
Nunca um brinquedo refletiu tão bem o comportamento de uma época quanto a 

quarentona Barbie, uma boneca que acompanhou todas as mudanças dessas últimas quatro décadas. Ela é rica, bonita, famosa, inteligente e está sempre na moda. Tem o namorado perfeito e muitos amigos que a adoram. O mundo Barbie é cor-de-rosa, feito de sonhos e fantasia, onde tudo é possível. É o que garante o slogan "be anything".
A Barbie é um sucesso absoluto, tanto em vendas [é a boneca mais vendida no mundo. São 120 milhões de exemplares a cada ano, o que significa que duas Barbeis são vendidas por segundo] quanto em popularidade [ela é a queridinha de crianças e adultos de todo lugar].

História

Foi Ruth Handler, esposa de Elliot Handler [fundador da empresa norte-americana Mattel] quem teve a idéia de fabricar uma boneca adulta, que até então só existia em papel [na verdade, a boneca alemã Lili, feita de celulóide, é anterior à Barbie e pode ter inspirado Ruth Handler]. Mãe de três filhos, Ken, Skipper e Barbara, ela não teve dúvida quanto ao nome da nova boneca: Barbie, o diminutivo de Barbara. Mais tarde, Ken viria ser seu namorado e Skipper sua irmã-boneca.

Encomendada ao designer Jack Ryan, em 1958, ela foi lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova York, em 9 de março de 1959. Barbie foi apresentada como uma modelo teenager vestida na última moda. Aliás, a imagem da boneca sempre foi a de uma top model, símbolo de sucesso, beleza e juventude.
Loura e vestida com um maiô listrado em preto e branco, a boneca nasceu com o corpo de manequim, longas pernas e cintura fina, as medidas perfeitas para os seus 29 cm de altura.
Ela já trazia modelos de roupas e acessórios que podiam ser trocados, ou seja, tudo o que pudesse identificar o universo jovem dos final dos anos 50: vestidos rodados, calças cigarrete, luvas e até um modelito para ir ao trabalho como designer de moda (1960).

A moda dos últimos 40 anos pode ser contada através da Barbie e sua coleção de estilos e modelos. Sempre na última moda, ela reflete as mudanças do mundo feminino. Em 1961, ela ganhou um namorado, o Ken, que tinha o tipo do ator de cinema Troy Donahue. Ken também sempre acompanhou a moda da época, munido de vários modelos e acessórios, além de variar o corte do cabelo de acordo com o último estilo jovem.

Os anos 60 corriam e a Barbie era a típica garota americana, com seu twin-set de lã e faixas no cabelo [perucas que vinham em três cores: loura, castanha e ruiva]. Em 1962, se vestiu de Jacqueline Kennedy, exemplo de elegância e bom gosto, com o famoso tailleur cor-de-rosa.
O desenvolvimento de uma cultura genuinamente jovem, as mudanças na moda, música e estilo de vida chegaram até ela. Surgiu Twiggy, em 1967, vestida de tubinho mini [claro] e botas amarelas, no melhor estilo londrino da época, moderna e divertida. Em 1965, ela ganhou pernas flexíveis e, em 1968, seu rosto ganhou um aspecto ainda mais jovem, com longos cílios e olhos azuis. Fechando a década, roupas floridas, estampas psicodélicas, grandes óculos e uma nova amiga, a primeira boneca negra, Christie (1969).

Durante os anos 70, assim como a juventude da época, Barbie acreditava na paz universal, fazendo música e explorando formas alternativas de viver. As minis, viraram midis e maxis. Os cabelos cresceram e o visual se tornou hippie. Em 72, ela ganhou um trailer, passaporte para uma vida mais próxima à natureza, com suas saias de retalhos e vestidos românticos estilo Laura Ashley.
Também havia o estilo Malibu (71), de pele bronzeada, cabelos louros bem claros e pronta para surfar.
Com o sucesso da onda disco, Ken ganhou uma versão John Travolta [no filme "Embalos de Sábado à Noite"]. O casal encarnou várias celebridades da época, sempre com muito brilho e sucesso, a bordo de seu novo carro - um modelo rosa-choque esportivo.

Os anos 80 foram marcados pelo glamour e mistura de proporções das roupas. Barbie apareceu em versão seriado Dallas, com cabelo estilo Farrah Fawcet, tudo com muito glitter e lábios vermelhos. Mangas bufantes e blusas transparentes faziam parte do figurino. Em 1982, a maquiagem virou item obrigatório e já fazia parte dos acessórios da boneca.
A mania fitness da década, o estilo alegre das roupas, a mulher de negócios, o glamour dos modelos de festa, os símbolos pop da época, como Madona e Whitney Houston, tudo isso fazia parte do mundo Barbie dos anos 80.

Barbie chegou aos 90 dirigindo uma Ferrari, se divertindo, cantando e dançando. Seus cabelos estavam mais compridos que nunca e suas roupas cada vez mais sofisticadas. Em 1992, sempre politicamente correta, ela se candidatou à presidência dos Estados Unidos.
Entre os diversos estilos adotados por ela, estavam a Barbie rap, roqueira, salva-vidas, médica, dentista, ginasta e uma super-Barbie, com capa cor-de-rosa. Em 1996, ela ganhou uma amiga paraplégica, Becky, que vinha com uma cadeira de rodas.
Ken, o eterno namorado, não ficou para trás, ganhou uma versão Brad Pitt em 1999. Nesse mesmo ano, as tops Claudia Shiffer e Naomi Campbel também ganharam suas versões da boneca.
Dotada de um corpo mais flexível, Barbei chegou ao ano 2000 como uma mulher moderna, que trabalha, e por isso precisa de vários novos acessórios, como computador e celular.
Um modelo comemorativo foi lançado para comemorar os 40 anos da boneca, que vem usando um vestido longo preto com detalhes em prata e um buquê com 40 rosas vermelhas. Um luxo!!!

A Barbei de hoje reflete o comportamento e os desejos das garotas de todo lugar. Ela pode ser o que quiser, sempre com estilo e claro, na última moda.
sempre foi o sonho de cada menina,um sonho mais com cores diferentes.aqui tem vídeos,antigos dos momentos barbeis.




Barbei: 1959-2014




PRA FEIXAR BARBEI MODERNA ANO 2015

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas