Mostrando postagens com marcador Últimas Notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Últimas Notícias. Mostrar todas as postagens
Jogo Baleia Azul: UM AVISO AOS PAIS: Um sinistro jogo

Jogo Baleia Azul: UM AVISO AOS PAIS: Um sinistro jogo

UM AVISO AOS PAIS: Um sinistro jogo viral tem causado alarme no mundo todo. É o jogo da Baleia Azul, disputado pelas redes sociais, que propõe desafios macabros aos adolescentes, como bater fotos assistindo a filmes de terror, automutilar-se, ficar doente e, na etapa final, cometer suicídio, algo que já aconteceu, inclusive no Brasil.

Mais uma ferramenta da elite obscura para induzir os jovens à cometerem atrocidades contra si mesmo e os outros, está deixando rastros por todo o mundo, inclusive no Brasil.


Entenda o ‘Jogo da Baleia Azul’ e os riscos envolvidos

Aparentemente o fenômeno começou na Rússia, mas está se espalhando – inclusive no Brasil, como sugerem o caso da jovem de 16 anos morta no Mato Grosso e uma investigação policial em andamento na Paraíba. Na Rússia, em 2015, uma jovem de 15 anos se jogou do alto de um edifício; dias depois, uma adolescente de 14 anos se atirou na frente de um trem.

Depois de investigar a causa destes e outros suicídios cometidos por jovens, a polícia ligou os fatos a um grupo que participava de um desafio com 50 missões, sendo a última delas acabar com a própria vida.


loucuraA preocupação aumentou ano passado, quando fontes diversas chegaram a divulgar, sem confirmação, 130 suicídios supostamente vinculados a comunidades online identificadas como “grupos da morte”.


Tudo na internet se espalha muito rápido, mesmo as coisas mais inacreditáveis. Neste caso não é diferente. O fenômeno ganhou visibilidade e vem se alastrando pelo mundo. Em alguns países, como Inglaterra, França e Romênia, as escolas têm feito alertas às famílias, depois que adolescentes apareceram com cortes nos braços, queimaduras e outros sinais de mutilação.



Jogos com apelos de riscos letais têm virado moda entre os adolescentes. Um exemplo é o jogo da asfixia, que gerou vítimas no Brasil. Outro é o “desafio do sal e gelo”, no qual, para serem aceitos no grupo, os adolescentes devem queimar a pele e compartilhar as imagens nas redes sociais. Embora exista há anos, o desafio voltou com força recentemente. Sem falar no “Jogo da Fada”, que incita crianças a usar o gás do fogão de madrugada, enquanto os pais dormem.

As recomendações para as famílias são: monitorar o uso da internet, frequentar as redes sociais dos filhos, observar comportamentos estranhos e, sobretudo, conversar e conscientizar os adolescentes a respeito das consequências de práticas que nada têm de brincadeira.

Atenção redobrada com os jovens que apresentem tendência a depressão, pois eles costumam ser especialmente atraídos por jogos como o da Baleia Azul. Também as escolas devem colocar o assunto em pauta e incorporar no currículo, cada vez mais, a educação para a valorização da vida, o respeito pela vida dos outros e o uso consciente das mídias e tecnologias.

O jogo da baleia azul e a tragédia de Maria de Fátima, no Mato Grosso


Delegado vê indícios de que jovem de 16 anos se envolveu no desafio Baleia Azul, lista de tarefas diárias que inclui automutilação e morte do participante.


Por Fernanda Bassette –  VEJA em 13 abr 2017, 23h42


A morte da estudante Maria de Fátima da Silva Oliveira, de 16 anos, que morava em Vila Rica, uma pequena cidade a 1.270 km de Cuiabá (MT), lançou luz sobre uma brincadeira que está preocupando os pais: o desafio da Baleia Azul (ou Blue Whale). Trata-se de um suposto jogo de incentivo ao suicídio, que teve origem nas redes sociais russas, em que adolescentes são previamente selecionados para participar de um desafio de 50 dias, cumprindo tarefas diárias que incluem automutilação, sendo a última delas a morte.


Para se ter uma ideia da proporção da brincadeira, só no YouTube são mais de 25 mil vídeos sobre o jogo Baleia Azul. No Facebook há dezenas de grupos fechados sobre o assunto, alguns em português e outros em inglês. Há links de convites para as pessoas entrarem em grupos de WhatsApp. Tudo num mundo paralelo aos olhos dos pais.


Maria de Fátima foi encontrada morta na terça-feira (11) dentro de uma represa no bairro Inconfidentes, na região central da cidade. Saiu de casa sozinha, vestindo apenas a roupa do corpo, por volta das 3h15, enquanto pais e irmãos dormiam. Deixou o celular em cima da cama (bloqueado com senha), não levou dinheiro. Antes de entrar na represa para o mergulho sem volta, deixou os chinelos na beira.


A Polícia Civil da cidade abriu inquérito para investigar se a morte da menina está, de fato, relacionada ao jogo que tem tirado o sono de pais de adolescentes nas últimas semanas. De acordo com o delegado André Rigonato, responsável pela investigação, nenhuma hipótese está descartada, mas há fortes indícios de que a jovem tenha se envolvido nesse jogo: ela deixou duas cartas onde falava sobre as regras e a cronologia das ações a serem cumpridas e também apresentava alguns cortes nos braços e coxas.


Maria de Fátima da Silva Oliveira, de 16 anos, que morreu ao participar do jogo Baleia Azul na internet, em Cuiabá (MT)

“A investigação ainda está no começo. Foi feita a perícia no local e  solicitamos exames necroscópico e toxicológico para atestar a causa da morte, para saber se ela não usou nenhum medicamento ou alguma substância. Apreendemos as cartas para análise e o celular da jovem. Pela dinâmica do caso, a princípio, tudo indica que se trata de suicídio”, afirmou.


De acordo com Rigonato, ao menos dois grupos de WhatsApp da cidade estão sendo monitorados pela polícia para tentar identificar quem seriam os “curadores” da brincadeira. Induzir, instigar ou auxiliar o suicídio é crime, com pena prevista de dois a seis anos de prisão. Além disso, a Polícia Militar está preparando uma série de palestras educativas que serão ministradas nas escolas da cidade a partir da semana que vem. O objetivo é orientar os pais e professores a observarem os sinais e prevenir que outros casos aconteçam.


Os sinais


Mônica Strege Médici, professora de ciências e biologia na escola onde Maria de Fátima estudava, disse que a jovem era uma aluna excelente e raramente tirava notas abaixo de 8. “Sem dúvidas, era uma das melhores alunas da turma. Adorava a disciplina e fazia sempre as tarefas”, diz a professora. As amigas de sala, que pediram para não se identificar, contam que ela costumava ser extrovertida, sorridente e brincalhona, mas que vinha mudando o comportamento desde o final do ano passado.


“Ela estava mais introvertida, não sorria mais, não saía da sala de aula na hora do intervalo. Não queria mais conversar, ficava só no mundinho dela. Uma vez chegou a dizer que a vida não tinha mais sentido algum”, diz K.S., de 16 anos. “Ela nunca foi superficial, sem dúvida, era das mais inteligentes. De repente, começou a ficar calada. Estamos em choque”, afirmou J.M., outra amiga.


Dentro de casa também havia sinais de que algo estava errado. Segundo Antônia Carlos da Silva, de 39 anos, mãe de Maria de Fátima, a jovem tinha alguns cortes nos braços e nas coxas há cerca de dois meses. Além disso, a mãe chegou a encontrar um papel em que a estudante havia escrito com a própria letra regras a serem cumpridas, como “abrace os seus pais e diga a eles que os ama”, “peça desculpas”, “tire a sua vida”. O documento está com a polícia.


Antônia disse que em nenhum lugar do papel havia referência ao jogo Baleia Azul, mas disse que tinha uma cronologia a ser seguida. Assustada, ela chamou a filha para conversar sobre o assunto. “Perguntei o que era aquilo e ela me respondeu que não era nada. Que era uma bobagem. Disse: ‘você acha que vou me matar, mãe?’”, conta Antônia. “Perguntei se ela precisava de ajuda e ela disse que não. Na hora, eu preferi acreditar nela. Aquilo não podia estar acontecendo comigo”, diz a mãe.


Uma semana se passou e Antônia continuava aflita, preocupada com a filha, que não dormia mais direito e passava as noites acordada com o celular e o fone de ouvido.  Mas não sabia o que fazer. Na noite de segunda-feira (10), Antônia dormiu antes das 22h. A filha estava no quarto, no celular. Paula, a irmã mais velha que dividia o quarto com Maria de Fátima, também foi dormir. Acordou às 3h04 para desligar o ventilador. A irmã estava lá ainda, deitada, mas acordada. Paula voltou a dormir, mas acordou novamente às 3h38, quando o celular tremeu com uma mensagem de texto da operadora. Ao olhar para o lado, viu que Maria de Fátima não estava mais na cama.


Antônia foi acordada na madrugada pela filha mais velha, que avisou que a irmã tinha fugido. “Não sei te explicar, mas naquela hora eu pulei da cama e meu coração de mãe me disse que minha filha estava morta.” A família saiu de madrugada em busca da menina, mas não a encontrou. Procurou a polícia, os amigos da escola, o namorado, o Conselho Tutelar. À polícia o namorado disse que na noite de segunda, por volta das 22h, Maria de Fátima tinha dito que “morreria afogada”, mas ele não teria percebido que isso era um sinal.

Ainda na segunda-feira, às 18h15, Maria de Fátima desbloqueou a irmã de uma rede social e mandou para ela o áudio da música Trem Bala, de Ana Vilela. Em um dos trechos a música diz: “Segura teu filho no colo, sorria e abraça os teus pais enquanto estão aqui, que a vida é trem bala, parceiro, e a gente é só passageiro prestes a partir”. Cinco dias antes, ela postou uma foto em uma rede social com a legenda “última foto” ao lado de um emoticon chorando.


“Eu só quero que outros pais não passem pela dor que estou passando. Que não chorem o que estou chorando. Precisamos estar mais presentes na vida dos nossos filhos. Eu quero que o caso da minha filha sirva de alerta, pois outros jovens podem estar envolvidos nisso”, disse a mãe.


Aumento de casos


Segundo o psiquiatra Daniel Martins de Barros, coordenador médico do Núcleo de Psiquiatria Forense e Psicologia Jurídica do Instituto de Psiquiatria da USP, o número de suicídios em jovens está aumentando em todo o mundo e ninguém ainda sabe explicar a razão. Em 90% dos casos, diz, a pessoa tinha algum tipo de transtorno mental, principalmente depressão.


Para ele, o suposto jogo Baleia Azul é apenas o pano de fundo para um cenário de aumento de casos de suicídio entre jovens que se repete há anos. “Há seis meses, o jogo do momento era o da asfixia. Agora é o da Baleia Azul. Daqui a um tempo terá um novo. Não estou dizendo que o jogo não existe, mas esquece o jogo. A questão aqui é: o que vamos fazer para evitar? Esse é o ponto”, afirmou.



Para Barros, o “pânico moral” criado em torno do suposto jogo reflete os medos dos próprios adultos. “Esse pânico fala sobre nós, os pais. É o gap [lacuna] geracional. Todo adulto sabe que não está dando a devida atenção para o jovem. E isso demonstra a dificuldade que os pais têm de entrar no universo do filho”, diz.

Segundo Barros, casos como esse chamam a atenção para a necessidade urgente de os pais saberem identificar os sinais e buscar ajuda quando necessário. “Temos que quebrar o tabu da depressão. Depressão é uma doença, como catapora, como pneumonia. Ao perceberem sinais de mudança de comportamento nos filhos, busquem ajuda e evitem o sofrimento. A depressão é tratável e curável.”

Fonte: http://g1.globo.com/


Mateus 24:9-Depoimentos de uma família egípcia

Mateus 24:9-Depoimentos de uma família egípcia



“Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará.” (Marcos 8.35)

Os ataques às igrejas no Egito, levou Michael Nabil Ragheb, pai de Priscilla, uma menina de três anos. Ele era diácono na igreja de Tanta. Sara, a viúva, compartilha sobre a fé do marido e alguns fatos ocorridos nos últimos dias, antes das explosões. “Na manhã daquele domingo eu cheguei a pensar que era o dia do Juízo Final”, disse ela. Sara estava no culto quando aconteceu a explosão. “De alguma forma, Michael sabia o que iria acontecer. Um dia antes do aniversário de três anos da nossa filha, ele sentia que logo estaria entre os mártires, no céu. Depois falou que sentiria a nossa falta”, lembra.

Com esse pensamento, Michael então pediu para a esposa e a filha que se sentassem nos últimos bancos, em vez de ficarem perto dele, na frente da igreja. “Fiquei um pouco surpresa com o pedido, mas agora eu entendo que essa era a vontade de Deus”, reconhece. Michael então foi para a frente da igreja, pois ele iria cantar naquele dia. “Ele disse para esperarmos por ele depois do culto, mas ele não voltou”, lamenta Sara.

“Ouvi o som da explosão, no meio do culto. A igreja estremeceu, havia muita fumaça e tudo ficou escuro. As pessoas gritavam muito. Eu chamei pelo meu marido, corri para o lugar onde ele estava, esperando encontrá-lo vivo. As cenas foram horríveis, eu estava em estado de choque. Encontrei Michael ali deitado. E então ele foi para o céu, como havia dito há alguns dias”, disse a viúva em lágrimas.

Eles tinham completado quatro anos de casamento. “Eu o amava muito. Está muito difícil lidar com a perda dele, mas apesar de tudo, Deus tem confortado meu coração com sua paz e sua graça”, disse. Ela finaliza dizendo: “Meu marido viveu a vida do céu na terra. Ele estava sempre orando e lendo a Bíblia. De certa forma, estou feliz por ele, pois sei que está no céu, em frente ao trono da graça, ele está com Jesus”, conclui.

Depoimentos da família

“Meu filho vai celebrar a Páscoa com Cristo, no céu.”, disse Nabil Ragheb, pai de Michael.

“Michael era uma pessoa muito amável e tinha um relacionamento muito forte com Deus. A Bíblia fala que estar com Cristo é o melhor lugar para alguém estar. Meu filho ganhou uma coroa entre os mártires”, disse a mãe.

“É muito difícil para todos nós, mas ele já está no céu. Nós ainda estamos lutando nessa vida mortal e não sabemos do futuro. Estou ansioso para me encontrar com Jesus também”, disse o irmão, Kerolos Nabil Ragheb.

“Michael era um membro da igreja muito envolvido, desde a infância. Era muito estudioso, fez Farmácia na faculdade, depois se formou em Teologia. Teve uma vida próspera, tanto profissional quanto espiritual. Foi um homem honesto, obediente e humilde”, disse um de seus tios, Fr. Ishak Habib.

Pedidos de oração
Ore pela família de Michael, em especial pela esposa Sara e pela filha Priscilla. Que Deus continue confortando seus corações de maneira sobrenatural.
Peça também por todos os amigos dele e irmãos na fé que sofreram essa perda. Interceda pelos feridos e por aqueles que vão enfrentar as consequências dessas explosões.
A igreja no Egito está sendo atacada com frequência. Interceda pelos perseguidos, para que encontrem fé e perseverança o suficiente para seguir em frente. E que o nome de Jesus continue sendo glorificado entre os egípcios.

EUA chamam de 'provocação' teste de mísseis da Coreia do Norte

EUA chamam de 'provocação' teste de mísseis da Coreia do Norte



O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, chamou neste domingo de "provocação" o lançamento de um míssil, que fracassou, pela Coreia do Norte, uma ação que aumenta ainda mais a tensão vivida na península coreana.

"A provocação desta manhã do Norte é simplesmente o último lembrete dos riscos para cada um de vocês a cada dia", disse Pence perante um grupo de militares americanos durante um jantar realizado por ocasião do domingo de Páscoa na base militar de Yongsan, na capital sul-coreana.

Trump diz trabalhar com China no 'problema na Coreia do Norte'

A tensão vivida na península ocupará a maior parte da agenda, e é esperado que Pence e Hwang analisem maneiras de pressionar Pyongyang para que abandone seu programa nuclear e de mísseis através de uma maior pressão diplomática e também de sanções ainda mais endurecidas.

Possíveis respostas

A Casa Branca também apontou que serão examinadas opções militares como possíveis respostas a provocações do regime norte-coreano.

As insinuações de Washington em relação a um hipotético ataque preventivo vieram acompanhadas do desdobramento do porta-aviões nuclear USS Carl Vinson em águas da península em resposta a outro teste de mísseis que Pyongyang fez em 5 de abril.

Além disso, teme-se que o regime de Kim Jong-un decida realizar um teste atômico (fotos recentes indicam que tudo está pronto em sua base nuclear para executar um) nos próximos dias.

Visita do vice à Coreia do Sul

Pence aterrissou com sua mulher e suas duas filhas na base aérea de Ulsan (ao sul de Seul) pouco depois que a Coreia do Norte lançou, sem sucesso, um míssil balístico que aparentemente explodiu pouco depois de ser disparado.

A ação norte-coreana alarga o desafio planejado por Washington com seu programa armamentístico um dia depois de ter celebrado o aniversário do fundador do regime, Kim Il-sung, exibindo mísseis de alcance intercontinental e prometendo responder a um hipotético ataque americano com armas nucleares.

O vice visitou, após aterrissar, o Cemitério Nacional de Seul, onde estão enterrados veteranos da Guerra da Coreia (1050-1953), em um gesto para cimentar a aliança militar entre Washington e Seul.

Nesse sentido, Pence assegurou durante o jantar que sob a liderança de Donald Trump "o compromisso com esta aliança histórica" é mais forte do que nunca.

Pence se reunirá com o presidente sul-coreano em funções, Hwang Kyo-ahn, e com o presidente da Assembleia Nacional (Parlamento), Chung Sye-kyun.

Fonte: EFE
EUA pode ter sabotado com ciberataque míssil de Pyongya

EUA pode ter sabotado com ciberataque míssil de Pyongya

EUA pode ter sabotado com ciberataque míssil de Pyongya


Os Estados Unidos teriam sabotado com ciberataques o teste de míssil da Coreia do Norte realizado ontem (15), que acabou falhando. A teoria que está circulando na web e nos jornais britânicos é do político conservador Malcom Rifkind, ex-ministro das Relações Exteriores e ex-ministro da Defesa no governo de John Major. De acordo com ele, o teste de ontem e todos os outros realizados pela Coreia do Norte que falharam teriam sido sabotados por hackers do governo norte-americano. “O teste pode ter falhado porque o sistema não conseguiu funcionar ou porque os EUA, aplicando métodos de ciberataques, conseguiram em várias ocasiões interromper esse tipo de atividade”, disse o ex-chanceler britânico. O jornal “The Daily Telegraph” relembrou que, em 2014, o então presidente Barack Obama ordenou a intensificação dos trabalhos de hackers para minar a capacidade bélica da Coreia do Norte através de métodos cibernéticos.   
Nesta manhã (16), um conselheiro da Casa Branca disse à agência AP que os EUA tinham o controle da situação antes e depois do teste balístico. A Coreia do Norte realizou um teste de míssil balístico na noite de ontem (15), mas o dispositivo falhou. O teste ocorreu um dia após o regime de Pyongyang celebrar o “Dia do Sol” e os 105 anos do nascimento de Kim il-sung, fundador da república norte-coreana e considerado “presidente eterno”. Para comemorar a data, foi realizado um desfile militar, no qual as autoridades fizeram questão de exibir seu potencial bélico, em uma provocação aos Estados Unidos.   
O presidente norte-americano, Donald Trump, foi informado do teste, mas não quis comentar o fato, de acordo com a Casa Branca, em uma escolha técnica de não dar tanta atenção às ações do líder norte-coreano, Kim jong-un. Segundo um especialista do Pentágono, o míssil lançado na noite de ontem era de médio alcance e explodiu cerca de quatro segundos após seu lançamento. Na semana passada, os EUA e a Coreia do Norte trocaram provocações e ameaças de uma guerra nuclear, elevando o clima de tensão na península coreana. Países da região, como a China, Japão e Rússia, pediram calma e que as duas nações evitem um confronto militar. O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, iniciou no fim de semana uma viagem de 10 dias pela Ásia, durante a qual se reunirá com aliados. 
Fonte: ANSA
Perseguição Aos Cristãos-MAIS DE 900 MIL CRISTÃOS FORAM MORTOS

Perseguição Aos Cristãos-MAIS DE 900 MIL CRISTÃOS FORAM MORTOS


MAIS DE 900 MIL CRISTÃOS FORAM MORTOS NA ÚLTIMA DÉCADA POR CREREM EM JESUS

Mais de 900 mil cristãos foram martirizados nos últimos 10 anos, afirmou o Instituto de pesquisa do Seminário Teológico Gordon-Conwell, em Massachusetts (EUA). A informação foi publicada pelo site ‘Gospel Prime’.
O Centro para o Estudo do Cristianismo Global (CECG) divulgou recentemente seu relatório anual sobre a perseguição aos cristãos, onde constata que cerca de 90 mil morreram por causa de sua fé em Jesus Cristo no último ano. Os números são iguais aos que foram revelado pelo proeminente sociólogo italiano Massimo Introvigne, durante uma entrevista à ‘Rádio Vaticano’, em dezembro de 2016.
A média de um cristão morto a cada seis minutos recebeu muita atenção dos veículos de comunicação em meio a uma verdadeira batalha midiática para minimizar a atuação de grupos terroristas, como por exemplo o Estado Islâmico (EI). Os últimos atentados, embora reivindicados pelo EI, sempre eram atribuídos a um “lobo solitário”.
Na divulgação oficial do CECG, destaca-se a estimativa que a média de 90.000 mártires cristãos por ano foi uma constante entre 2005 e 2015. “O Centro para o Estudo do Cristianismo Global fez uma extensa pesquisa sobre o martírio cristão, tanto histórico como contemporâneo, estimando que entre 2005 e 2015 foram mais de 900.000 mártires cristãos em todo o mundo – uma média de 90.000 por ano”, afirmou a organização.
Ainda segundo o CECG, apenas 30% desses foram mortos diretamente por ataques terroristas. Os demais 70% pereceram em conflitos tribais, que envolviam questões étnicas e políticas. Esse é o motivo pelo qual organizações como a Missão Portas Abertas divulgam números bem menos alarmantes e a Organização das Nações Unidas se recusa a reconhecer que há um genocídio em andamento.
Os pesquisadores do Gordon-Conwell explicam que usaram o termo “mártir” para se referir a cristãos que morreram por causa de seu testemunho ou que foram vítimas “como resultado da hostilidade dirigida” a questões religiosas. Acrescentam que essa definição de “hostilidade” refere-se a “uma variedade de formas, incluindo guerras, conflitos, assassinatos aleatórios e genocídios, e inclui atos de indivíduos ou de grupos (como governos)”.
Projeção de crescimento das mortes em 2017
A perseguição aos cristãos continuará crescendo neste ano, principalmente em países islâmicos, seja por parte dos governos ou por grupos extremistas. É o que apontam os novos relatórios do Release International e Portas Abertas, organizações que apoiam os cristãos perseguidos no mundo.
Publicados nas últimas semanas, esses levantamentos, apesar de usarem metodologias diferentes do CECG, mostram uma tendência do crescimento nas mortes motivadas por religião nos últimos anos. Todos concordam que os cristãos são o grupo religioso mais perseguido em todo o mundo.
Os países que mais restringem o cristianismo são: Coréia do Norte, Somália, Afeganistão, Paquistão, Sudão, Síria, Iraque, Irã, Iêmen, Eritreia, Líbia, Nigéria, Maldivas, Arábia Saudita, Índia, Uzbequistão, Vietnã, Quênia, Turcomenistão, Catar e Egito.
Deixe o seu comentário no Blog Despertai.
JESUS ESTA VOLTANDO- terremotos, em vários lugares." Mateus 24:

JESUS ESTA VOLTANDO- terremotos, em vários lugares." Mateus 24:

sinais,teremoto,
Um terremoto de 5,1 graus na escala aberta de Richter atingiu nesta quinta-feira o nordeste do Japão sem que o alerta de tsunami tenha sido ativado, e também não foi informado pelas autoridades se houve danos materiais ou vítima.

O terremoto aconteceu às 17h06 (horário local, 6h06 de Brasília) cerca de 30 quilômetros de profundidade com epicentro no mar, a cerca de 60 quilômetros da cidade costeira de Kuji, na Província de Iwate, segundo informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

O terremoto atingiu o nível 3 na escala japonesa, que se concentra nas áreas afetadas, na cidade de Fudai e em Morioka, capital de Iwate, onde vivem cerca de 300 mil pessoas.

As autoridades não informaram sobre vítimas, danos em infraestruturas ou usinas nucleares e nem interrupções nos transportes.

O Japão está localizado sobre o chamado anel de fogo, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos com relativa frequência, por isso que as infraestruturas estão projetadas para suportar os tremores.

No entanto, a mesma região do Japão registrou, no dia 11 de março de 2011, um poderoso terremoto de 9 graus e posterior tsunami que matou mais de 18 mil pessoas e causaram a crise nuclear de Fukushima.
Fonte: EFE
Terremoto de 7,9 de magnitude atinge Papua Nova Guiné

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:
Um terremoto de magnitude 7,9 foi registrado neste domingo perto de Papua Nova Guiné, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), ativando um alerta de tsunami no Oceano Pacífico que foi levantado pouco depois.

O terremoto ocorreu 40 quilômetros a oeste da localidade de Panguna, em Papua Nova Guiné, a uma profundidade de 153 quilômetros às 15h30 locais (02h30 de Brasília), indicou o USGS.

O USGS afirmou que foram registrados danos moderados na ilha de Bougainville.

A magnitude, estimada em um primeiro momento em 8, foi corrigida posteriormente a 7,9.

O Centro de Alerta de Tsunami para o Pacífico emitiu no fim da tarde um comunicado garantindo que o risco de tsunami já havia passado.

Uma hora antes havia advertido que poderiam chegar ondas perigosas à costa de Papua Nova Guiné, Indonésia, Nauru, Vanuatu, Ilhas Salomão e outras localidades nas três horas seguintes ao tremor.

Também havia alertado que outros países podiam ser afetados por ondas menores.

"Embora 150 quilômetros seja uma profundidade muito grande, devido ao fato de ter sido um terremoto tão forte gerará um abalo na superfície", explicou à AFP o sismologista Spiro Spiliopoulos, do organismo oficial Geoscience Australia.
Fonte: AFP
Itália pode sofrer novos terremotos ainda mais fortes

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7
O Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV), órgão responsável pela medição oficial de terremotos na Itália, não descarta a hipótese de novos tremores iguais ou mais fortes que os da última quarta-feira (18), que tiveram magnitudes superiores a 5.0 na escala Richter.

No entanto, segundo o presidente do órgão, Carlo Doglioni, é impossível prever quando os novos sismos ocorrerão. "Não sabemos quanta energia ainda falta para ser liberada, porém é mais do que legítimo dizer que não podemos excluir um evento mais importante, embora não seja possível falar quando", declarou.

Desde 24 de agosto de 2016, quando um terremoto devastou a cidade de Amatrice, o centro da Itália já sofreu 47,6 mil atividades sísmicas com magnitudes iguais ou maiores que 2.0, ou seja, uma a cada quatro minutos e meio.

A maioria delas passou despercebida pela população, mas algumas foram devastadoras, como a que derrubou boa parte do município de Norcia, na Úmbria, no último dia 30 de outubro. Na quarta-feira passada, os tremores mais fortes foram de 5.1, 5.4 e 5.5, e todos esses 47,6 mil sismos nasceram do mesmo sistema de falhas ativado em 24 de agosto.

O país está localizado sobre as placas tectônicas africana e euroasiática, que se chocam constantemente. Além disso, a primeira se move cerca de dois centímetros por ano rumo ao norte, movimentando a cordilheira dos Apeninos, espécie de "espinha dorsal" que corta a Península Itálica.
Fonte: ANSA
Após terremotos, Itália amplia estado de emergência
"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7

Após a série de terremotos que atingiu a Itália na última quarta-feira (18), o Conselho dos Ministros (CDM), presidido pelo premier Paolo Gentiloni, aprovou nesta sexta (20) a extensão do estado de emergência nas regiões de Abruzzo, Lazio, Marcas e Úmbria, no centro do país.

O decreto havia sido aprovado no dia 25 de agosto de 2016, logo depois do tremor que matou 299 pessoas nas cidades de Amatrice e Accumoli, no Lazio, e Arquata del Tronto, em Marcas. Além disso, o CDM deu aval para a destinação imediata de 30 milhões de euros para intervenções de emergência nas zonas afetadas.

O Conselho dos Ministros também iniciou discussões para ampliar os 4 bilhões de euros já previstos no orçamento de 2017 para as regiões atingidas pelos terremotos dos últimos meses. Até o momento, a série de tremores da quinta-feira passada deixou ao menos oito mortos.

Entre eles estão um senhor de 83 anos encontrado sob os escombros de um prédio em Castel Castagna, um pai de 50 e um filho de 23 atingidos por uma avalanche em Crognaleto e um idoso de 73, também vítima de um deslizamento de neve, mas em Campotosto.

O balanço ainda contabiliza os quatro mortos já confirmados na avalanche que destruiu o hotel Rigopiano, em Farindola. Todas essas cidades ficam na região de Abruzzo.
Fonte: ANSA
Terremoto de magnitude 6,8 atinge as Ilhas Salomão
"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:
Um terremoto de magnitude 6,8 graus atingiu nesta sexta-feira (data local) as águas ao sul das Ilhas Salomão, no Pacífico Sul, sem que as autoridades informassem sobre danos ou alerta de tsunami.
O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que vigia a atividade sísmica mundial, situou o hipocentro a 33 quilômetros de profundidade sob leito do mar, a 71 quilômetros de Kirakira, e a 177 de Honiara, capital do arquipélago.
O Centro de Alertas por Tsunami do Pacífico disse em comunicado que segundo os dados disponíveis, não deve acontecer um tsunami por causa do terremoto.
As Ilhas Salomão estão localizadas sobre o chamado "Anel de Fogo do Pacífico", uma área de grande atividade sísmica e vulcânica atingida por cerca de 7 mil tremores ao ano, a maioria moderadas.
Fonte: EFE
Itália tem 4º terremoto superior a 5.0 em apenas 4 horas

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7
O terremoto das 14h34 na região central da Itália teve magnitude 5.1 na escala Richter, segundo as primeiras estimativas do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV). Esse foi o quarto tremor superior a 5.0 com epicentro na província de Áquila apenas nesta quarta-feira.  
Fonte: ANSA

Terremoto de 5,8 graus sacode Vanuatu, no Pacífico Sul

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7

Um terremoto de magnitude 5,8 graus sacudiu nesta segunda-feira o norte do arquipélago de Vanuatu, no Pacífico Sul, sem que as autoridades tenham informado de danos ou vítimas ou se tenha emitido um alerta de tsunami.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), que registra a atividade sísmica no mundo todo, situou o hipocentro a dez quilômetros de profundidade sob o leito marinho.

O mesmo organismo localizou o tremor a 128 quilômetros a oeste da cidade de Solo e a 496 ao norte de Port-Villa, a capital.

Vanuatu fica perto do chamado Anel de Fogo do Pacífico e dos vulcões submarinos da Bacia de Lau, por isso que registra habitualmente tremores.

A República de Vanuatu, com cerca de 250 mil habitantes, é formada por um arquipélago de origem vulcânica.
Fonte: EFE
Terremoto de magnitude 6,1 atinge mar no sudoeste de Fiji

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7
Um terremoto de magnitude 6,1 atingiu neste sábado o mar no sudoeste de Fiji, no Pacífico sul, sem que as autoridades tenham informado inicialmente sobre alerta de tsunami ou vítimas.

O hipocentro do terremoto foi localizado a 10 quilômetros de profundidade e a 152 quilômetros da cidade de Nadi, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica em todo mundo.

Esta região do Pacífico sofre habitualmente terremotos de magnitude superior aos cinco graus.

A conhecida como Cuenca Norte de Lau, situada entre Fiji, Samoa e Tonga, no Pacífico Sul, conta com dezenas de vulcões submarinos ativos localizados entre 1 mil e 1,5 metros de profundidade sob as águas. 
Fonte: EFE
Terremoto de magnitude 5.6 atinge ilhas na Indonésia

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7
Um terremoto de magnitude 5.6 atingiu neste sábado o arquipélago de Maluku, na Indonésia, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).
O tremor foi registrado 120 quilômetros oeste-noroeste da ilha de Ternate, com profundidade de cerca de 23 quilômetros, segundo o site do USGS.
Fonte: Reuters
Os sinais indicam que a vinda do Salvador está realmente próxima

Os sinais indicam que a vinda do Salvador está realmente próxima


Os sinais indicam que a vinda do Salvador está realmente próxima?
Certamente! Veja o que diz a Bíblia a respeito:“Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima.” Lucas 21:28.Resultado de imagem para Catástrofes naturais: terremoto devastador no Hait

Jesus falou que, ao sucederem os sinais que Ele profetizou, deveríamos exultar porque a nossa redenção se aproxima. Os sinais indicam que está muito, mas muito próximo de Jesus voltar.

Alguns acham que o Salvador não voltará em breve “porque guerras e terremotos sempre existiram”. Porém, ao verificarem-se os dados estatísticos, veremos que tal “conclusão” não é válida, pois na época de Jesus, tais sinais não aconteciam com a mesma intensidade que hoje. Veja:

Doenças, desastres, furacões, incêndios, maremotos, terremotos e tufões catastróficos[1]
1290 27/09
Chihli, China
100.000
1556 23/01
Shensi, China
800.000
1737 11/10
Calcutá, India
200.000
1755 01/11
Lisboa, Portugal
70.000
1783 04/02
Calábria, Itália
50.000
1797 04/02
Quito, Equador
40.000
1828 12/12
Echigo, Japão
30.000
1868 16/08
Equador/Colômbia
70.000
1906 18/04
São Francisco, USA
700
8,25
Incêndio em São Francisco
1908 28/12
Messina, Itália
120.000
7,5
1920 16/12
Kansu,China
180.000
8,5
1923 01/09
Kwanto, Japão
143.000
8,2
Incêndio em Tóquio
1932 26/12
Kansu, China
70.000
7,6
1939 31/05
Quetta, India
60.000
7,5
1960 29/02
Agadir, Marrocos
14.000
5,9
Matou 40% da população
1964 28/03
Alaska
131
8,6
Grande destruição
1968 31/08
Iran
11.600
7,4
Falha superficial
1971 09/02
San Fernando, Calif.
65
6,5
Prejuízos meio bilhão de dólares
1972 23/12
Manágua, Nicaragua
5.000
6,2
Praticamente destruiu a capital
1975 04/02
Haicheng, China
1.328
7,4
Foi predito
1976 04/02
Guatemala
22.000
7,9
O falhamento rompeu cerca de 200 Km
1976 27/07
Tangshan, China
650.000
7,6
Ocasionou o maior número de mortos neste século
1985 18/09
México
10.000
8,1
Sérios danos na cidade do México com cerca de US$3.5 bilhões de prejuízos
1989 17/10
Loma Prieta, Cal.
57
7,1
Prejuízos da ordem de US$ 6 bilhões
1994 17/01
Northridge, Cal.
62
6,7
Prejuízos da ordem de US$15 bilhões
1995 16/01
Kobe, Japão
5.500
6.8
Prejuízos da ordem de US$ 100 bilhões
2001 09/11
Nova Iorque, EUA
3.000
Atentado as Torres Gêmeas (World Trade Center)
2004 26/12
Indonésia, Ásia
250.000
Tsunami
2005 08
América e Europa
O clima foi o responsável por tragédias. Em Portugal, imensas áreas foram devastadas por incêndios na seca de agosto. E enchentes mataram 30 pessoas na Áustria, Suiça e Romênia.
2005 08/27
Uttar Pradesh, Índia
800
Encefalite Japonesa ou Febre do Cérebro
2005 08/29
New Orleans, Luisiana, EUA
1036
Ventos de até 233 Km/h
Katrina, o pior furacão dos EUA nos últimos 13 anos. – 50.000 casas danificadas. Causou um prejuízo de R$500 bilhões.
2005 09/29
Vietnã , Ásia
120
Tufão Damrey, destruiu ou danificou 10.400 casas e escolas vietnamitas, também devastou quase 120 km de diques construídos para proteger arrozais da água do mar, segundo o governo.
2005 09/23
New Orleans, Luisiana, Texas, EUA e Golfo do México
200 KM/h (classificação 5 na escala de furacões)
Furacão Rita – deixou mais de 1 milhão de casas sem energia elétrica. Provocou incêndios em várias cidades.
2005 10/06
Guatemala
652
Furacão Stan – cerca de 20.000 pessoas tiveram que buscar abrigo em albergues.
2005
Jan-Out
Golfo do México
Tem a segunda pior estação de furacões da história. Foram 19 tempestades até agora.
2005 10/08
Afeganistão, Paquistão (norte), Índia e até Bangaladesh.
53.000
7.6
Terremoto. Vilas inteiras soterradas por avalanches provocadas pelo terremoto. Nas cidades do norte do país, bairros desaparecidos.
2005 10/16
Tóquio, Japão
6.2
Terremoto
2005 10/18
México, Cuba e Flórida
4
Furacão Vilma
Na época de Jesus, não ocorriam terremotos e furacões com tanta frequência e nem com tal poder de destruição como nos tempos atuais (no ano de 2005 ocorreram 12 furacões e dezenas de terremotos). Isso é uma forte evidência de que Jesus está realmente voltando para nos buscar: “Então, se verá o Filho do Homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória.” Lucas 21:27.

As guerras também não ocorriam com a mesma força. Hoje, lemos sobre elas nos noticiários todos os dias. “Mais de 500 mil crianças, entre 7 e 18 anos, estão lutando atualmente em guerras em todo o mundo. A informação é da ONU.”[2]
A intensidade dos sinais nos leva à conclusão de que algo está para acontecer. Até mesmo um professor meu de filosofia, no curso de jornalismo, confessou: “Vejam bem, a religião não é o meu objeto de estudo, mas, que há coisas estranhas acontecendo neste mundo, há.” Como disse Jesus:“Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.”Mateus 24:44.

Cristo profetizou que também ocorreriam sinais astronômicos antes dEle voltar: “Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.” Mateus 24:29. Vejamos:
a) O Grande Terremoto
“Vi quando o Cordeiro abriu o sexto selo, e sobreveio grande terremoto. O sol se tornou negro como saco de crina, a lua toda, como sangue, as estrelas do céu caíram pela terra, como a figueira, quando abalada por vento forte, deixa cair os seus figos verdes.” Apocalipse 6:12-13.

Este terremoto ocorreu em 1o de novembro de 1755. Destruiu Lisboa e atingiu três continentes. Foi apontado pelo geólogo J. Nurse como o maior terremoto da História.
b) “O Dia Escuro” de 19 de maio de 1780

“Assim denominado em razão da extraordinária escuridão naquele dia – estendeu-se por toda a Nova Inglaterra (América do Norte). A escuridão começou cerca de 10h da manhã e continuou até a metade da noite seguinte, porém, com diferenças de graduação em diversos lugares. A verdadeira causa daquele extraordinário fenômeno não é conhecida.”[3]

Esse dia escuro não foi um eclipse. Isso é comprovado astronomicamente. Veja esse relato: “Que as trevas não foram causadas por um eclipse é manifesto pelas diferentes posições dos planetas de nosso sistema nessa ocasião; pois a lua estava a mais de cento e cinquenta graus do sol neste dia.”[4]
c) A Lua tornou-se como sangue

À noite, cientistas, meteorologistas e curiosos acompanhavam aquela singular escuridão e, de súbito, a Lua reapareceu no formato de um enorme “disco de sangue”. Cristo disse que seria assim e, dessa forma, aconteceu. O maior astrônomo da época, William Herschell, testemunha ocular desse fato, assim se manifestou: “O dia escuro da América do Norte foi um fenômeno maravilhoso da natureza, cujo relato será lido com interesse, e que nenhuma filosofia jamais saberá explicar.”[5]

d) Queda de estrelas

Este acontecimento foi apontado por Cristo como a referência astronômica que viria após o escurecimento do Sol e da perda da claridade natural da Lua (que se tornou em sangue). Disse Jesus em Mateus 24:29: “… as estrelas cairão do firmamento…”

Naturalmente, Cristo fazia referência às chamadas “estrelas cadentes”. Vamos ver um dos muitos testemunhos que existem sobre tal evento: “Provavelmente o mais notável chuveiro meteórico até hoje visto foi o de Leônidas na noite que seguiu a 12 de novembro de 1833 (13 de novembro). Algumas estações meteorológicas estimam em mais de 200.000 meteoros por hora, durante cerca de cinco ou seis horas.”[6]
Que impressionante! Até os astros nos dizem que Jesus está voltando!
Veja que dos sinais preditos por Jesus em Mateus 24, todos já se cumpriram; falta apenas um (que já está em andamento), que é a pregação do evangelho em todo o mundo.

Com relação ao Tsunami[7], nas palavras de Jesus, em Mateus 24 e Lucas 21, vemos implícita em Sua previsão o que aconteceu no dia 26 de dezembro de 2004. Deus conhece todas as coisas. Nada O surpreende. Há coisas estranhas que Ele permite e tolera; outras, envia como condenação.
O maremoto que se abateu sobre o sudeste asiático foi consequência de uma desordem ampla e profunda, ocorrida pelo nosso planeta. Veja o seguinte texto do livro Patriarcas e Profetas, págs. 108 e 109:
Nesse tempo [por ocasião do Dilúvio] imensas florestas foram sepultadas. Estas foram depois transformadas em carvão, formando as extensas camadas carboníferas que hoje existem, e também fornecendo grande quantidade de óleo. O carvão e o óleo frequentemente se acendem e queimam debaixo da superfície da Terra. Assim as rochas são aquecidas, queimada a pedra de cal, e derretido o minério de ferro. A ação da água sobre o cal aumenta a fúria do intenso calor, e determina os terremotos, vulcões e violentas erupções.

O mais surpreendente desse ocorrido na Ásia é que nenhum animal foi morto pelas ondas, pois todos eles se refugiaram em algum lugar seguro. Pena que os seres humanos não perceberam isso.

Não devemos ter uma visão caótica do fim do mundo, muito pelo contrário. A nossa visão é de uma intervenção divina nos assuntos humanos, quando Deus irá transformar nosso Planeta em seu estado original como era antes de o pecado fazer parte da nossa natureza. Não fomos criados para viver nesta condição na qual estamos; fomos feitos para a felicidade, santidade e eternidade. Devemos nos alegrar com o fato de que logo Jesus irá terminar com o mal e todas as consequências ruins.

Portanto, prepare-se para se encontrar com seu Senhor, pois logo Ele virá: “Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará.” Hebreus 10:37.
Leandro Soares de Quadros
Consultor e conselheiro

Coreia do Sul-todas as moedas até 2020 tirara-la

Coreia do Sul-todas as moedas até 2020 tirara-la

Passe suas moedas para cá. Essa é a mensagem que o banco central da Coreia do Sul está enviando aos cidadãos de uma das nações mais tecnologicamente avançadas e integradas do planeta, no caminho para uma “sociedade sem dinheiro“.
O primeiro passo é eliminar, até 2020, todo o metal que está em circulação.
O Banco da Coreia anunciou na semana passada que acelerará os esforços para reduzir a circulação de moedas, entre as quais as de maior denominação têm valor equivalente a menos de US$ 0,50.
Como parte do plano, a instituição quer que os consumidores depositem os trocados que carregam nos bolsos nos onipresentes cartões “T-Money” usados pelos sul-coreanos —passes eletrônicos de viagem que podem ser usados para pagar metrô, táxis e até compras nas 30 mil lojas de conveniência no país.
As propostas são só o passo mais recente para um país que está na vanguarda quanto a aproveitar a tecnologia. As compras on-line são a norma, assim como sistemas de pagamento por celular, entre os jovens da geração milênio sul-coreana.
South Korean 10,000 won note is seen on U.S. 100 dollar notes in this picture illustration taken in Seoul, South Korea, December 15, 2015. REUTERS/Kim Hong-Ji/File Photo ORG XMIT: RPA420A Coreia do Sul é um dos países menos dependentes de dinheiro em espécie e tem um dos mais elevados índices de uso de cartões de crédito —cerca de 1,9 cartão por cidadão. Só cerca de 20% dos pagamentos são feitos com dinheiro em espécie, segundo o banco central do país.
Embora a conveniência seja o principal motivo para o plano do banco central, há outro motivos envolvidos. O Banco da Coreia gasta mais de US$ 40 milhões ao ano para cunhar moedas. Também há custos para as instituições financeiras que as recebem, gerem e fazem circular.
“Quando produzimos uma moeda de 10 won, ela custa mais de 10 won”, disse Lee Hyo-chan, diretor do Instituto de Crédito e Finanças de Seul, acrescentando que, “se a Coreia do Sul abandonar o uso de moedas, será bom tanto para os compradores quanto para os vendedores, que não terão mais de manter moedas para fazer troco”.
Também se espera que a transição rumo aos pagamentos eletrônicos ajudará a reduzir as dimensões da economia informal, engordará os cofres do Estado e estimulará o crescimento econômico.
“Se abandonarmos o dinheiro em espécie, podemos obter 1,2% de crescimento econômico adicional por ano. Uma sociedade que não usa dinheiro pode ajudar a enfrentar o crescimento lento, a inflação baixa e o ambiente de baixas taxas de juros”, disse Kim Seong-hoon, pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica da Coreia.
Mas, para Lee, a transição pode requerer uma mudança mais ampla de hábitos da parte de uma população em envelhecimento.
“Se a Coreia do Sul quer funcionar sem dinheiro em papel, em longo prazo, primeiro as pessoas terão de mudar de ideia sobre o uso de dinheiro em ambientes tradicionais tais como mercados, igrejas ou eventos familiares, como casamentos”, ele disse.
Fonte:

Gogue: O profeta Jeremias alertou!

Gogue: O profeta Jeremias alertou!



A atual presença russa na Síria preocupa Israel. É que tudo leva a crer que os russos não sairão tão cedo do território daquele país desde há muito cruel inimigo de Israel. E, é mais que óbvio que, conseguindo libertar a Síria dos grupos oposicionistas ao regime ditatorial de Assad e dos vários grupos islâmicos envolvidos no terrorismo local, a Rússia cobrará cara a sua colaboração.
O uso de mísseis de longo alcance por parte de Israel neste passado dia 7 para atacar um aeroporto militar dentro de território sírio demonstra uma perigosa mudança de estratégia militar. 
Não que Israel já não tenha atacado instalações militares e comboios de armamento destinados ao Hezbollah, dentro de território sírio. Só que até agora Israel usava a sua temível aviação para bombardear esses alvos. Desta vez, porém, As FDI fizeram uso de mísseis de longo alcance para atingir os seus alvos em território sírio.
Qual a razão desta mudança, muito mais onerosa para as Forças de Defesa de Israel?
Obviamente, a massiva presença russa em território e nos céus da Síria...
Israel nem precisaria de entrar com os seus poderosos aviões em território sírio. Bastava dispararem a partir das águas territoriais do Líbano. Só que os sofisticados radares russos detectariam a presença de aviões israelitas nos céus do Líbano, e é mais que certo que os russos informariam os "amigos" sírios que, por sua vez, tentariam pôr em ação as suas baterias anti-aéreas, tal como já tentaram fazer no passado. 
Ora esta coordenação sírio-russa é deveras preocupante para Israel, tanto mais que em território sírio já se encontram instalados sistemas de defesa russos terra-ar das classes S-400, S-300 e SA-23.
A possibilidade de um confronto aéreo entre aviões russos e israelitas não é de todo impossível. Tal já aconteceu com aviões sírios, e quase acontecia com aviões norte-americanos e franceses, naquele que a Força Aérea Israelita considera ser o espaço aéreo mais lotado do planeta.
Os russos estão presentes na Síria, a Norte de Israel, com aviões de combate, navios de guerra e sofisticadas instalações de radar. Qualquer pequeno erro de comunicação pode originar um problema de consequências imprevisíveis.
Apesar de Netanyahu ter conversado já por diversas vezes e por longos períodos de tempo com o presidente russo Vladimir Putin, não nos podemos esquecer que este último está a dar todo o seu apoio militar e logístico a um dos maiores inimigos de Israel, o presidente Bashar al-Assad, logo na fronteira Norte do estado de Israel, e cuja ambição é reaver os territórios dos Montes Golã reconquistados por Israel na Guerra dos Seis Dias.
Uma coisa é certa: a situação geo-política no Médio Oriente está numa mudança radical, com a Rússia cada vez mais presente na região, e os EUA de Trump cada vez menos intervenientes, segundo se crê. 
PROFETIZADO HÁ 2.500 ANOS
Sem querermos especular mais do que aquilo que os atuais fatos revelam, a verdade é que o profeta Ezequiel falou acerca de uma confederação de nações lideradas por Gogue e que atacarão Israel nos "últimos dias." Algumas dessas nações estão claramente identificadas, como é o caso do Irã, a Líbia, a Turquia e outros mais. A questão da identidade de Gogue é uma incógnita, mas a maioria dos comentadores judeus e evangélicos apontam para a Rússia como a mentora desta coligação final.
O texto profético indica por várias vezes que as forças militares comandadas por Gogue virão "do extremo Norte". 
O profeta Jeremias alertou que "do Norte" se descobriria o mal "sobre todos os habitantes da terra." Verifique num mapa a posição de Jerusalém e de Moscou, a capital da Rússia, e verificará para seu espanto que as duas cidades se encontram numa quase perfeita linha reta...
Só o Senhor Deus conhece as formas e os tempos, mas os sinais indicadores são demasiado coincidentes para serem negligenciados, muitos menos pelos que governam a nação de Israel...